Revista Retratos

Rural amazônico: as peculiaridades das áreas rurais de florestas

Editoria: Revista Retratos | Marília Loschi

23/10/2017 09h00 | Atualizado em 12/07/2019 11h23

Das diversas formas que os espaços rurais assumem no território do país, talvez as menos conhecidas estejam na Amazônia. Aqui, a associação direta e necessária entre área rural e produção agrícola se rompe: existe o foco na conservação da biodiversidade (o caso das Áreas de Preservação Ambiental) ou de culturas – por exemplo, áreas indígenas e quilombolas. Mesmo a produção agrícola assume características próprias, respeitadoras do tempo e dos caminhos das águas.

#PraCegoVer Pescadores em suas canoas
Os pescadores são exemplos de personagens que compõem o rural amazônico - Foto: Adjalma Nogueira Jaques

Ribeirinhos, extrativistas dos seringais, produtores de mandioca, pescadores. Em sua maioria, são pequenos produtores que vivem de forma isolada, plantam para consumo próprio e vendem seu excedente nos mercados locais. O transporte de barco é comum para levar e trazer as crianças da escola e as mercadorias da cidade, como o cloro que vai tratar a água do rio para se beber.

Nesta edição da Revista Retratos, trazemos alguns dos personagens que habitam e retiram seu sustento dessas áreas de floresta. Conheça produtores de malva e juta no Amazonas, cacau no Pará e banana no Acre e leia o texto completo aqui.