Geografia

IBGE lança livro de Nilo Bernardes com bases do pensamento geográfico no país

Editoria: Geociências | Carlos Alberto Guimarães

28/05/2021 10h00 | Última Atualização: 28/05/2021 11h45

  • Resumo

  • Com edição em ebook, “Iniciação à Geografia” é uma parceria do Projeto Memória do IBGE com a Revista Brasileira de Geografia.
  • Autor morreu em acidente de carro em 1991, deixando obra inacabada.
  • Família do geógrafo resgata manuscritos de livro voltado a alunos de graduação.

O IBGE lança hoje (28) o livro Iniciação à Geografia. Trata-se de uma obra inédita do geógrafo e professor Nilo Bernardes, falecido em 1991, que trabalhou no IBGE entre 1945 e 1982, tendo lecionado no Colégio Pedro II e na Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio), bem como na Pós-Graduação do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Originalmente, a obra comporia uma série a ser publicada a partir de fins da década de 1980, oferecendo conteúdos destinados aos períodos iniciais de graduação. Entretanto, em 1991, um acidente de carro na Região dos Lagos vitimou o casal Nilo e Lysia Bernardes. O evento retirou do cenário nacional dois profissionais de relevante atuação no mundo da Geografia em suas mais variadas esferas – científica, acadêmica, institucional e escolar. Com isso, o livro restou inacabado.

#PraTodosVerem A imagem mostra o livro do Nilo Bernardes com capa azul escura do la direito, um óculos vermelho no canto superior direito e todos os objetos estão dispostos em cima de uma mesa de madeira clara
Livro aborda conteúdos fundamentais para geógrafos, como a importância do trabalho de campo - Arte: Helga Szpiz/Agência IBGE Notícias

Em 2017, Angela Cavalcanti Bernardes, uma das filhas do casal, procurou a Revista Brasileira de Geografia e a Coordenação de Geografia do IBGE para propor a edição da obra, confiando ao Instituto a guarda dos originais manuscritos e datilografados, que agora vêm a público. Emocionada, a própria filha relembra, no prefácio, a relação com os pais e as viagens pelo interior do país. Nilo e Lysia conheceram-se no Conselho Nacional de Geografia (CNG) e participaram, juntos ou em equipes separadas, das pioneiras excursões para levantamento de campo. Casaram-se em 1948 e tiveram quatro filhos.

Em cerca de 80 páginas, são abordados conteúdos fundamentais para os profissionais da área, como a importância do trabalho de campo e como ele deve ser organizado, a relação da Geografia com outras áreas de conhecimento, a emergência das questões ambientais em estudos geográficos e o valor da explicação geográfica. A introdução do livro, contextualizando o pensamento ao seu tempo, foi redigida pelo professor Sergio Nunes Pereira, do Departamento de Geografia da UFF e especialista em história do pensamento geográfico.

“Mais que uma homenagem ao professor Nilo Bernardes, o livro também resgata a história da construção do pensamento geográfico do Brasil”, explica Maria Lúcia Vilarinhos, editora-executiva da Revista Brasileira de Geografia e responsável pelo projeto. Desde o início da criação de “Iniciação à Geografia”, na década de 1980, até o momento, a disciplina viveu profundas transformações, não apenas em função de novas tecnologias que impactaram seu campo de atuação, mas também pela incorporação de novos temas.

Segundo Maria Lúcia, mesmo tendo em conta o fato de ser uma obra inacabada e o lapso de tempo que separa sua escrita da sua edição, o livro traz importante contribuição à abordagem de temas sempre presentes nos estudos geográficos. “Por ser voltado para a área do ensino, a obra fez muita falta à época, e continua cumprindo seu papel hoje em dia”, atesta a geógrafa do IBGE.

Esta edição, apenas em ebook, é uma parceria do Projeto Memória do IBGE com a Revista Brasileira de Geografia (RBG). A série, desde 1990, vem trazendo a público trabalhos produzidos por profissionais do IBGE que se destacaram em seus campos específicos de conhecimento