04/12/2018 | Última Atualização: 04/12/2018 09:00:00

Produção industrial

Indústria varia 0,2% em outubro após três meses de resultados negativos

Após três meses seguidos de queda, a produção industrial teve variação positiva de 0,2% em outubro frente a setembro, e acumulou crescimento de 1,8% no ano. Em relação a outubro de 2017, a alta foi de 1,1%, de acordo com a Pesquisa Industrial Mensal (PIM-PF), divulgada hoje pelo IBGE.

Mesmo com o resultado positivo, ainda não é possível falar em recuperação, como explica o gerente da pesquisa, André Macedo: “o resultado ficou bem próximo à estabilidade e foi insuficiente para eliminar as quedas observadas nos três meses anteriores”.

Entre os setores que mais influenciaram o crescimento de outubro, destaque para indústrias extrativas, máquinas e equipamentos, veículos automotores, e reboques e carrocerias e bebidas. Já os que mais seguraram o resultado foram produtos alimentícios metalurgia e coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis.

Com açúcar em baixa, setor alimentício cai pela quarta vez consecutiva

Ainda em outubro, o setor alimentício fechou o quarto mês consecutivo com queda, e acumulou uma redução de 8,4% entre julho e outubro deste ano. Segundo André, o açúcar é o principal produto que tem puxado as quedas no setor nesse período.

“Por causa de preços mais atraentes, o etanol tem sido mais vantajoso para as usinas, o que provocou uma queda na produção de açúcar em detrimento do biocombustível. Tanto que é possível observar um crescimento no setor de combustíveis, no mesmo período em que há um declínio no setor alimentício”, comenta o gerente.


Repórter: João Neto
Imagem: Licia Rubinstein/Agência IBGE Notícias
Arte: J.C. Rodrigues