Nova edição do livro Indicadores Sociais no Brasil contribui para políticas públicas

18/09/2017 09h00 | Última Atualização: 18/09/2017 10h51

Quinze anos após a primeira edição, foi relançado o livro Indicadores Sociais no Brasil – conceito, fonte de dados e aplicações, do professor Paulo Jannuzzi, da Escola Nacional de Ciências Estatísticas (ENCE). Referência no campo da sociologia e estatística, o livro trata da construção dos indicadores sociais, como taxa de natalidade, esperança de vida ao nascer, médicos por mil habitantes, taxa de analfabetismo, taxa de desemprego e é destinado aos pesquisadores, jornalistas e gestores de políticas públicas.

 #PraCegoVer foto do autor Paulo Jannuzzi lendo o livro

O professor da Escola Nacional de Estatísticas (ENCE) Paulo Jannuzzi reeditou livro sobre indicadores sociais

 

Jannuzzi explicou que a revisão e atualização do livro atendeu às mudanças sociais, ou seja, à necessidade de se criar novos indicadores para retratar a realidade. O autor destacou que “os indicadores nos ajudam a ter uma leitura padronizada da realidade social de tempos em tempos, ou, entre regiões. São uma medida concreta que permitem fazer comparações ao longo do tempo”.

O livro tem quatro capítulos, cada um, subdividido em tópicos. O primeiro traz uma discussão acerca dos conceitos básicos e da definição de indicadores sociais; o segundo cita e explica algumas pesquisas do IBGE desenvolvidas a fim de atender aos indicadores sociais; o terceiro discute os principais indicadores e os usos na política social. A novidade desta segunda edição é o capítulo quatro, destinado inteiramente à relação entre os indicadores e a construção das políticas públicas. As análises são ilustradas com infográficos que auxiliam no entendimento dos temas abordados.

Jannuzzi destacou a importância da utilização dos indicadores por toda sociedade: “Indicadores sociais são bens públicos meritórios. Seu uso por alguns não restringe a utilização pelos demais. Na realidade, quanto mais públicos forem, mais bem-estar podem gerar”.

Texto: Marina Cardoso, sob supervisão de Adriana Saraiva
Imagem: Pedro Vidal
Fotografia: Marina Cardoso, Pedro Vidal