IBGE finaliza primeiro processo seletivo do Censo Agro 2017 14/08/2017

Editoria: IBGE Produto: Censo Agropecuário

“Os aprovados no primeiro processo seletivo devem organizar a documentação prevista no edital e aguardar os telegramas de convocação, que começarão a ser enviados hoje pelas unidades estaduais”, é o que informa o coordenador de Recursos Humanos do IBGE, Bruno Malheiros. Os documentos são fundamentais para comprovar as exigências definidas no edital quanto à nacionalidade, às obrigações eleitorais e militares, à idade mínima e à escolaridade. A lista dos aprovados para trabalhar no Censo Agro 2017 foi divulgada na quinta-feira, dia 10 de agosto. A Fundação Getúlio Vargas disponibilizou a lista via internet. As inscrições foram abertas em abril e as provas aconteceram em 2 de julho. Mais de 72 mil pessoas se inscreveram para esse processo seletivo.

Todos os aprovados terão direito a auxílios alimentação e transporte, férias e 13º salário, por uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. A previsão de duração dos contratos temporários é de até 13 meses para Analistas Censitários, 10 meses para Agentes Censitários Administrativos, 9 meses para Agentes Censitários Regionais e 7 meses para Agentes Censitários de Informática. Os contratos terão vigência de 30 dias e podem ou não ser sucessivamente prorrogados por igual período, segundo o cronograma da coleta e a disponibilidade de recursos orçamentários do Censo Agro 2017. O desempenho profissional dos contratados será avaliado mensalmente, considerando-se a qualidade do seu trabalho, o seu comprometimento, a assiduidade, o cumprimento de prazos e a produtividade.

Foram oferecidas 1.038 vagas temporárias para Analista Censitário, função de nível superior com 17 áreas de conhecimento: Agronomia, Análise de Sistemas, Análise Socioeconômica, Biblioteconomia, Ciências Contábeis, Geoprocessamento, Gestão e Infraestrutura, Jornalismo, Logística, Métodos Quantitativos, Produção Gráfica/ Editorial, Programação Visual, Recursos Humanos. Essas áreas têm a mesma remuneração mensal: R$ 4 mil. Já as três funções de nível médio oferecem remunerações de R$ 1.500 para Agente Censitário Administrativo, de R$ 1.700 para Agente Censitário de Informática e de R$ 2.500 para Agente Censitário Regional.

A legislação em vigor proíbe a contratação de servidores da administração direta ou indireta da união, dos estados, do distrito federal e dos municípios, bem como de empregados ou servidores de suas subsidiárias e controladas. Há também restrições àqueles que tenham sido contratados temporariamente por órgãos públicos nos últimos 24 meses.

O 10º Censo Agropecuário do IBGE começa em 1º de outubro de 2017. Durante cinco meses, os recenseadores irão visitar mais de 5 milhões de estabelecimentos agropecuários em todo o país, levantando informações sobre a área, a produção, as características do pessoal ocupado, o emprego de irrigação, o uso de agrotóxicos e a agricultura familiar, entre outros temas. Os resultados do Censo Agro 2017 começarão a ser divulgados pelo IBGE em 2018.

 

Texto: Luiz Bello e Pedro Renaux
Imagem: GOVBA