IBGE atualiza resultados dos Indicadores de Desenvolvimento Sustentável (IDS)

29/07/2016 10h16 | Última Atualização: 25/05/2017 12h48

 

O IBGE atualizou as informações dos Indicadores de Desenvolvimento Sustentável (IDS) no Sistema IBGE de Recuperação Automática (SIDRA). São 63 indicadores organizados em quatro dimensões (ambiental, social,econômica e institucional), segundo o marco ordenador do Livro Azul proposto em 2001 pela Comissão de Desenvolvimento Sustentável (CDS), das Nações Unidas. Os indicadores são apresentados em mais de 100 tabelas, distribuídas em 19 temas. As tabelas dão continuidade às séries históricas, atualizando, sempre que possível, os indicadores já publicados para a data de referência mais recente disponível.

No seu conjunto, o IDS é uma das mais importantes fontes de informações sistematizadas sobre os aspectos ambientais, sociais, econômicos e institucionais do desenvolvimento brasileiro. Especialmente em relação às informações ambientais, se destaca como fonte organizada de dados, onde os mesmos podem ser analisados e relacionados entre si, e com dados sociais, econômicos e institucionais.

A dimensão ambiental do IDS aborda temas ligados à emissão de gases de efeito estufa, poluição do ar e das águas, uso de agrotóxicos, queimadas, desflorestamento, além de informações sobre saneamento básico, entre outros. A dimensão social avalia a satisfação das necessidades humanas, melhoria da qualidade de vida e justiça social. Os indicadores se relacionam a temas como demografia, emprego, saúde, educação e violência. A dimensão econômica aborda dados relacionados ao PIB, consumo de energia e participação de fontes renováveis na oferta de energia. A dimensão institucional aborda temas como acordos multilaterais internacionais, legislação ambiental, gastos com pesquisa e desenvolvimento e patrimônio cultural.

A flexibilidade do SIDRA permite ao usuário determinar quais informações deseja obter, e como estas devem ser apresentadas, com a produção de tabelas e gráficos personalizados, específicos para cada usuário. O sistema dá aos usuários maior independência na seleção e formatação da informação desejada, e acesso a dados não apresentados nas versões impressas do IDS. A presença do IDS na plataforma SIDRA consolida o papel dos indicadores desta publicação na avaliação da sustentabilidade do desenvolvimento brasileiro e fornece a pesquisadores e gestores públicos uma forma de acesso atualizada, rápida e democrática aos dados que permitem esta avaliação. Desta forma, o IBGE cumpre seu papel de retratar o Brasil, e fornecer meios para que a sociedade possa decidir os rumos que o desenvolvimento do país deve tomar.