Trimestrais da pecuária - primeiros resultados apontam queda no abate de bovinos e crescimento no de suínos e de frangos no 2º tri de 2021

12/08/2021 09h00 | Atualizado em 08/09/2021 16h36

Os primeiros resultados da produção animal no 2º trimestre de 2021 apontam, na comparação com o 2º trimestre de 2020, que o abate de bovinos caiu 4,5%, enquanto o de suínos cresceu 7,1% e o de frangos aumentou 7,4%.

Em relação ao 1º trimestre de 2021, o abate de bovinos aumentou 7,7% e o de suínos 3,2%, enquanto o de frangos caiu 3,0%.

A aquisição de leite foi de 5,80 bilhões de litros, queda de 1,2% em comparação com o 2º tri de 2020 e redução de 11,5% em relação ao 1º tri de 2021.

Já a aquisição de peças de couro pelos curtumes cresceu 2,6% em comparação com o mesmo tri do ano anterior e 6,2% em relação ao trimestre anterior, somando 7,51 milhões de peças inteiras de couro cru.

Foram produzidos 977 milhões de dúzias de ovos de galinha no 2º trimestre deste ano, acréscimo de 0,1% na comparação com o 2º tri de 2020 e redução de 0,1% em relação ao 1º tri de 2021.

 Abate de animais, aquisição de leite, aquisição de couro cru e produção de ovos de galinha 2020 2021 2021 Variação (%)
2º Trimestre 1º Trimestre 2º Trimestre 1_3 2_3
1 2 3
Número de animais abatidos (mil cabeças)
Bovinos 7 403 6 561 7 067 -4,5 7,7
Suínos 12 169 12 622 13 030 7,1 3,2
Frangos 1 414 209 1 566 265 1 519 490 7,4 -3,0
Peso das carcaças (toneladas)
Bovinos 1 906 359 1 721 944 1 869 552 -1,9 8,6
Suínos 1 110 445 1 156 053 1 216 409 9,5 5,2
Frangos 3 242 860 3 661 232 3 583 073 10,5 -2,1
Leite (mil litros)
Adquirido (cru) 5 867 851 6 555 592 5 799 961 -1,2 -11,5
Industrializado 5 856 782 6 545 600 5 796 188 -1,0 -11,4
Couro (mil unidades)
Adquirido (cru) 7 317 7 068 7 505 2,6 6,2
Curtido  7 055 6 863 7 506 6,4 9,4
Ovos (mil dúzias)
Produção  975 674 978 250 977 003 0,1 -0,1
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Agropecuária, Pesquisa Trimestral do Abate de Animais, Pesquisa Trimestral do Leite, Pesquisa Trimestral do Couro e Produção de Ovos de Galinha. 
Notas:
1. Os dados do 2º trimestre de 2021 são referentes aos primeiros resultados das respectivas pesquisas.
2. Os primeiros resultados das pesquisas trimestrais da pecuária passaram a ser divulgados a partir do 1º trimestre de 2018 apenas no nível Brasil.  São dados prévios, que podem sofrer alterações até a divulgação dos resultados do trimestre de referência.  
3. Os dados do ano de 2021 são preliminares até a divulgação dos dados do 1º trimestre de 2022.

Abate de bovinos cai 4,5% na comparação anual

No 2º trimestre de 2021, foram abatidas 7,07 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo de serviço de inspeção sanitária. Essa quantidade representou queda de 4,5% em comparação com o 2º trimestre de 2020 e aumento de 7,7% em relação ao 1º trimestre de 2021.

A produção de 1,87 milhão de toneladas de carcaças bovinas no 2º trimestre de 2021 consistiu em retração de 1,9% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior e aumento de 8,6% em relação ao apurado no 1º trimestre de 2021.

Abate de suínos cresce nas duas comparações

O abate de suínos somou 13,03 milhões de cabeças no 2° trimestre de 2021, representando um aumento de 7,1% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior e de 3,2% em comparação ao 1° trimestre de 2021.

O peso acumulado das carcaças registrou 1,22 milhão de toneladas no 2º trimestre de 2021, o que consistiu em incremento de 9,5% em relação ao 2° trimestre de 2020 e de 5,2% em comparação com o trimestre imediatamente anterior.

Abate de frangos sobe em relação ao ano passado

No 2º trimestre de 2021, foram abatidas 1,52 bilhão de cabeças de frango. Esse resultado significou um acréscimo de 7,4% em relação ao trimestre equivalente do ano anterior e retração de 3,0% na comparação com o 1° trimestre de 2021.

O peso acumulado das carcaças foi de 3,58 milhões de toneladas no 2º trimestre de 2021. Esse total significou aumento de 10,5% em relação ao 2° trimestre de 2020 e redução de 2,1% frente ao trimestre imediatamente anterior.

Aquisição de leite cai nas duas comparações

A aquisição de leite cru feita pelos estabelecimentos que atuam sob algum tipo de inspeção sanitária (federal, estadual ou municipal) no 2º trimestre de 2021 foi de 5,80 bilhões de litros. O valor correspondeu a uma redução de 1,2% em comparação ao volume registrado no 2º trimestre de 2020 e queda de 11,5% em comparação ao obtido no trimestre imediatamente anterior.

Aquisição de couro sobe nas duas comparações

Os curtumes declararam ter recebido 7,51 milhões de peças inteiras de couro cru bovino no 2º trimestre de 2021, o que representa um aumento de 2,6% em comparação à registrada no 2° trimestre de 2020 e de 6,2% em relação ao trimestre imediatamente anterior.

Os curtumes investigados pela Pesquisa Trimestral do Couro são aqueles que efetuam curtimento de pelo menos cinco mil unidades inteiras de couro cru bovino por ano.

Produção de ovos de galinha sobe na comparação anual

A produção de ovos de galinha foi de 977,00 milhões de dúzias no 2º trimestre de 2021, um acréscimo de 0,1% em relação ao mesmo período do ano anterior e uma retração de 0,1% em comparação ao 1° trimestre de 2021.