Trimestrais da pecuária – primeiros resultados: cai o abate de bovinos e cresce o de suínos e frangos no 1º trimestre de 2020

14/05/2020 09h00 | Última Atualização: 14/05/2020 09h00

Os primeiros resultados da produção animal no 1º trimestre de 2020 apontam que o abate de bovinos recuou 9,2%, o de suínos aumentou 5,0% e o de frangos teve alta de 4,8% na relação com o mesmo período de 2019. Na comparação com o 4º trimestre de 2019, o abate de bovinos e suínos caiu 10,8% e 0,2%, respectivamente, enquanto o de frangos subiu 2,5%. A aquisição de leite foi de 6,30 bilhões de litros, aumento de 1,4% na comparação anual, mas queda de 5,2% em relação ao trimestre anterior. Já a aquisição de peças de couro pelos curtumes caiu 12,2% frente ao 1º tri de 2019 e foi 5,7% menor que a do 4° tri de 2019, somando 7,44 milhões de peças inteiras de couro. Foram produzidos 960,61 milhões de dúzias de ovos de galinha no 1º trimestre deste ano, um aumento de 3,4% na comparação anual e queda de 2,5% em comparação com o trimestre imediatamente anterior.

Abate de bovinos cai nas duas comparações

No 1º trimestre de 2020, foram abatidas 7,20 milhões de cabeças de bovinos, o que representa uma variação negativa de 9,2% na comparação com o mesmo trimestre de 2019. Em relação ao 4º trimestre do ano passado, houve queda de 10,8%.

A produção de 1,82 milhão de toneladas de carcaças bovinas no 1º trimestre de 2020 consistiu em uma retração de 6,5% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior e queda de 12,8% em relação ao 4º trimestre de 2019.

Abate de suínos cresce 5,0% na comparação anual

Já o abate de suínos somou 11,87 milhões de cabeças no 1° trimestre de 2020, um aumento de 5,0% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. Houve retração de 0,2% na comparação ao 4° trimestre de 2019.

O peso acumulado das carcaças registrou 1,06 milhão de toneladas no 1º trimestre de 2020, o que consistiu em aumentos de 7,5% em relação ao 1° trimestre de 2019 e de 0,6% em comparação com o 4º trimestre do ano passado.

Abate de frangos sobe e contabiliza mais de 1,50 bilhão de cabeças

Foram abatidas 1,51 bilhão de cabeças de frango no 1º trimestre de 2020. Esse resultado significou aumento de 4,8% em relação ao trimestre equivalente de 2019. Também houve alta de 2,5% na comparação com o último trimestre de 2019.

O peso acumulado das carcaças foi de 3,47 milhões de toneladas no 1º trimestre de 2020, número que indica aumento de 3,3% em relação ao 1º trimestre de 2019. Houve acréscimo de 2,0% frente ao 4º trimestre do mesmo ano.

Aquisição de leite aumenta e chega a 6,30 bilhões de litros

A aquisição de leite cru feita pelos estabelecimentos que atuam sob algum tipo de inspeção sanitária (federal, estadual ou municipal) foi de 6,30 bilhões de litros no 1º trimestre de 2020. Essa quantidade corresponde a um aumento de 1,4% em comparação ao volume registrado no 1º trimestre do ano anterior. Já em relação ao 4º trimestre de 2019, verificou-se retração de 5,2%.

Aquisição de couro foi 12,2% menor na comparação anual

A Pesquisa Trimestral do Couro mostra que os curtumes que realizam curtimento de pelo menos cinco mil unidades inteiras de couro cru bovino por ano declararam ter recebido 7,44 milhões de peças inteiras de couro no 4º trimestre de 2020. Essa quantidade foi 12,2% menor na comparação com o 1º trimestre do ano anterior. Constatou-se também redução 5,7% em relação ao 4º trimestre de 2019.

Produção de ovos de galinha cresce 3,4% em relação ao ano anterior

A produção de ovos de galinha foi de 960,61 milhões de dúzias no 1º trimestre de 2020. O resultado representou incremento de 3,4% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. Por outro lado, verificou-se redução de 2,5% em comparação à produção do 4° trimestre.

Número de animais abatidos e peso das carcaças de bovinos, suínos e frangos, aquisição de leite cru, aquisição de couro cru e produção de ovos de galinha
Brasil - 1º Trimestre de 2020
Abate de animais, aquisição de leite, aquisição de couro cru e produção de ovos de galinha 2019 2019 2020 Variação (%)
1º Trimestre 4º Trimestre 1º Trimestre 3/1 3/2
1 2 3
Número de animais abatidos (mil cabeças)
Bovinos 7 927 8 071 7 201 -9,2 -10,8
Suínos 11 299 11 886 11 867 5,0 -0,2
Frangos 1 438 152 1 470 274 1 507 161 4,8 2,5
      
Peso das carcaças (toneladas)
Bovinos 1 950 381 2 091 361 1 824 369 -6,5 -12,8
Suínos 990 883 1 058 246 1 064 857 7,5 0,6
Frangos 3 356 390 3 399 550 3 468 310 3,3 2,0
      
Leite (mil litros)
Adquirido (cru) 6 214 046 6 646 253 6 302 456 1,4 -5,2
Industrializado 6 205 920 6 636 076 6 298 371 1,5 -5,1
      
Couro (mil unidades)
Adquirido (cru) 8 473 7 888 7 441 -12,2 -5,7
Curtido 8 360 7 865 7 220 -13,6 -8,2
      
Ovos (mil dúzias)
Produção 928 854 985 694 960 609 3,4 -2,5
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Agropecuária, Pesquisa Trimestral do Abate de Animais, Pesquisa Trimestral do Leite, Pesquisa Trimestral do Couro e Produção de Ovos de Galinha.
Notas:
1. Os dados do 1º trimestre de 2020 são referentes aos primeiros resultados das respectivas pesquisas.
2. Os primeiros resultados das pesquisas trimestrais da pecuária passaram a ser divulgados a partir do 1º trimestre de 2018 apenas no nível Brasil. São dados prévios, que podem sofrer alterações até a divulgação dos resultados do trimestre de referência.
3. Os dados do ano de 2020 são preliminares até a divulgação dos dados do 1º trimestre de 2021.