Censo Experimental: coleta domiciliar começa em Poços de Caldas

Editoria: IBGE, Censo 2020

01/10/2019 10h00 | Atualizado em 01/10/2019 17h18

Começa hoje (1/10), em Poços de Caldas (MG) a coleta domiciliar do Censo Experimental. Cerca de 180 recenseadores do IBGE vão visitar todos os mais de 60 mil domicílios do município mineiro, para aplicar os questionários da pesquisa. Também haverá coleta em municípios de mais sete estados.

Em Poços de Caldas, a expectativa é que os recenseadores comecem as visitas na quinta-feira (3). Nos próximos dois dias, serão passadas as últimas orientações para as equipes de campo e feito o carregamento dos dispositivos móveis de coleta, aparelhos semelhantes a smartphones.

Considerado como o grande ensaio do Censo Demográfico 2020, o Censo Experimental tem como objetivo testar não só o questionário, como também toda a infraestrutura necessária para realização da megaoperação, que começa em agosto do ano que vem em todo o Brasil.

A coleta domiciliar do Censo Experimental começa hoje (1/10) e vai até o dia 2 de dezembro. Durante esse período, os moradores de Poços de Caldas podem responder a pesquisa diretamente ao recenseador ou pela Internet, através do site  https://questionario2020.ibge.gov.br. Para quem optar por essa segunda alternativa, é necessário solicitar ao recenseador, no momento da visita, um código e uma senha de acesso ao questionário online.

Existem dois modelos de questionário: o básico, com 26 quesitos, e o da amostra, com 76 quesitos - que será aplicado em 10% dos domicílios de Poços de Caldas, selecionados aleatoriamente. Entre os temas levantados estão características do domicílio, atributos de cada morador - como idade, sexo e cor ou raça – e informações sobre trabalho e rendimento, escolaridade e religião. Vale lembrar que as informações coletadas são sigilosas e que basta um morador para responder por todo o domicílio. 

Os testes realizados no Censo Experimental de Poços de Caldas vão servir de base para o aprimoramento dos sistemas e procedimentos que serão utilizados pelo IBGE no Censo Demográfico 2020. Na operação censitária do próximo ano, todo o território nacional será percorrido pelos recenseadores.

Coleta pela Internet é a aposta do Censo 2020

Com a população brasileira cada vez mais conectada, a coleta de dados pela Internet é uma das apostas do Censo 2020. Em Poços de Caldas, entre os dias 21 e 29 de setembro, também foi testada uma outra abordagem para essa modalidade de preenchimento do questionário.

Durante esse período, os moradores do município mineiro receberam em seu domicílio uma carta com um código e senha para poder responder ao questionário online antes mesmo da visita do recenseador. Os domicílios que participaram corretamente dessa etapa não serão mais visitados.

Outros municípios do país também recebem testes do Censo Experimental

Poços de Caldas é o único município do país em que o Censo Experimental está sendo aplicado a toda a população. Mas algumas variáveis da operação censitária - como uso das diferentes frações amostrais e a coleta domiciliar em condomínios de alto padrão, aglomerados subnormais, domicílios improvisados, terras quilombolas e indígenas, e localidades com não falantes da língua portuguesa - também estão sendo testadas em outros municípios brasileiros.

Áreas dos municípios de Bujari (AC), General Sampaio (CE), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP), além de terras indígenas em Jatobá, Tacaratu e Petrolândia (PE), vão receber a visita dos recenseadores durante todo o mês de outubro. Já o Censo Experimental em terras quilombolas dos municípios de Restinga Seca e Porto Alegre (RS), e algumas áreas de Juiz de Fora (MG), também começa hoje, mas vai até o dia 25 de novembro.

Recenseadores vão trabalhar uniformizados com boné, colete, bolsa e crachá

Para garantir a identificação do recenseador, durante o Censo Experimental, esses profissionais vão trabalhar uniformizados, com boné, colete e bolsa azuis com o logo do IBGE. No colete há, ainda, o crachá de identificação, contendo a foto e os números de matrícula e identidade do entrevistador. Os recenseadores vão utilizar também um dispositivo móvel de coleta (DMC), semelhante a um smartphone.

Os informantes podem verificar a identidade de todos os entrevistadores do IBGE através do site https://respondendo.ibge.gov.br ou do telefone 0800 721 8181.