IBGE lança novo volume da Revista Brasileira de Geografia

Editoria: Geociências

28/03/2019 10h00 | Última Atualização: 27/04/2020 18h35

Nova edição da publicação traz trabalhos do terceiro Congresso Brasileiro de Geografia Política, Geopolítica e Gestão do Território (Congeo).

O IBGE lança hoje o segundo número do volume 63 da Revista Brasileira de Geografia (RBG). A publicação deste semestre traz especialmente um conjunto de artigos apresentados no III Congresso Brasileiro de Geografia Política, Geopolítica e Gestão do Território (Congeo), realizado entre os dias 10 e 14 de setembro de 2018, em Niterói – RJ. Além disso, a publicação conta com mais duas produções remanescentes do dossiê Zona Costeira Brasileira, lançado no primeiro número do volume, em agosto de 2018. Clique aqui para acessar a revista.

Os oito trabalhos apresentados neste número sobre o III Congeo refletem a variedade de temas que compõem a agenda das pesquisas desenvolvidas atualmente nos campos da geografia política, geopolítica e gestão do território, como a porosidade das fronteiras, os blocos regionais e o Estado como articulador e gestor do território nacional.

As fronteiras e relações latinoamericanas são pontos abordados nos artigos América Latina: uma integração regional agônica? A institucionalidade da integração regional e alguns de seus principais desafios, de Claudete de Castro Silva Vitte, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); Fronteira, conflitos e estado de exceção, de Marcos Mondardo, da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD); A fronteira como espaço de trabalho: o mercado de trabalho no contexto das regiões de fronteira de Brasil e Bolívia, de Pedro Aguiar, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); e em As redes acadêmicas e a integração informacional do Brasil com as Américas e a África, de Antonio Gomes de Jesus Neto, também da Universidade de São Paulo (USP).

Diferentes análises geopolíticas e da geografia política também são apresentadas em O correio como braço logístico do Estado: A execução de políticas públicas por meio da rede de agências postais no território brasileiro, de Igor Venceslau, da USP; Bio(necro)política da mineração: quando o desastre atinge o corpo-território, de Maria de Oliveira Penido, da Universidade Federal Fluminense (UFF); Política y geopolítica en el proceso de regionalización del regimen autoritario chileno (1973-1990), de Rodolfo Quiroz, da USP; e em A influência da geografia no comportamento eleitoral: contexto social de vizinhança, de Aleksei Zolnerkevic, também da USP.

Os dois artigos do dossiê, de pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), abordam riscos e impactos da ocupação da zona costeira, além de avaliarem a gestão e as políticas públicas para o território. O primeiro, intitulado Proposta metodológica para adequação das informações do Censo Demográfico do IBGE na análise da vulnerabilidade social a eventos extremos na zona costeira, é de autoria de Cibele Oliveira Lima e Jarbas Bonetti, do Laboratório de Oceanografia Costeira da UFSC. Encerra a edição o artigo Diagnóstico da gestão costeira e das políticas públicas do município de São Francisco do Sul, SC, Brasil, dos autores André de Souza de Lima, Apoena Calixto Figueirôa, Victor Gabriel Zapelini Guião Coelho, Celso Voos Vieira, Francisco Arenhart da Veiga Lima e Marinez Eymael Garcia Scherer.

Com edição do IBGE, a RBG é uma publicação científica digital e realiza dois lançamentos ao ano, em março e em agosto. A submissão de trabalhos é contínua e está aberta a pesquisadores de instituições nacionais e internacionais, inclusive do IBGE. Para acessar o conteúdo completo ou submeter trabalhos, visite o portal da Revista Brasileira de Geografia.