IBGE lança a versão 2018 da base cartográfica vetorial contínua do Estado do Rio de Janeiro

Editoria: Geociências

28/06/2018 10h00 | Atualizado em 28/06/2018 10h26

O IBGE lança hoje (28/06) a versão 2018 da base cartográfica vetorial contínua do estado do Rio de Janeiro na escala 1:25.000 - BC25_RJ. Nesta nova versão, foram atualizadas as principais classes da categoria de Sistema de Transporte. A base está disponível em formato digital, para utilização em diferentes Sistemas de Informação Geográfica, e pode ser acessada aqui.

Esta base cartográfica, cuja primeira versão publicada é de 2017, foi produzida em parceria com a Secretaria de Estado do Ambiente do Rio de Janeiro (SEA-RJ) e permite, dentre outras aplicações, o planejamento territorial dos municípios, com destaque para a elaboração de planos diretores municipais.

Suas aplicações na área de gestão ambiental envolvem planejamento de Unidades de Conservação, delimitação das Áreas de Preservação Permanente (APP), estudos de bacias hidrográficas, projetos básicos de recuperação ambiental, além de análises posicionais de empreendimentos submetidos ao licenciamento ambiental. Ressalta-se também a importância dessa base cartográfica para a geração das Cartas de Suscetibilidade a Movimentos Gravitacionais de Massa e Inundações, no âmbito do Plano Nacional de Gestão de Riscos e Resposta a Desastres Naturais.

A BC25_RJ - versão 2018 foi atualizada a partir de imagens orbitais (RapidEye e Sentinel-2), ortomosaicos derivados de cobertura aerofotogramétrica cedidos pela Câmara Metropolitana do Rio de Janeiro, e dados de outras instituições parceiras, como DNIT e DER/RJ, permitindo a atualização das principais classes da categoria de Sistema de Transporte. Dentre os elementos atualizados destacam-se as rodovias federais e estaduais, pontes, túneis, viadutos e corredores expressos, como Arco Metropolitano, Transolímpica, Transcarioca, Transoeste e Transoceânica.

A BC25-RJ está disponível em formato livre (shapefile, geopackage e dump do PostGis), para utilização em Sistemas de Informação Geográfica, sendo compatível com diferentes softwares de leitura dados geoespaciais. A nova base segue a versão 2.1.3 das Especificações Técnicas para Estruturação de Dados Geoespaciais Vetoriais, contemplando, além do sistema de transporte, as demais 12 categorias de informação previstas na ET-EDGV, que são: relevo; hidrografia; vegetação; pontos de referência; localidades; limites; estrutura econômica; energia e comunicações; abastecimento de água e saneamento básico; saúde e serviço social; educação e cultura; e administração pública. Esse produto também pode ser acessado via portal da INDE, assim como seus metadados estão disponíveis nos catálogos de metadados da INDE e do IBGE.