Em janeiro, desocupação foi de 6,1%

A taxa de desocupação (6,1%) subiu 0,8 ponto percentual em relação a dezembro último (5,3%) e caiu 1,1 ponto em relação a janeiro de 2010 (7,2%)...

24/02/2011 06h01 | Atualizado em 24/02/2011 06h01

A taxa de desocupação (6,1%) subiu 0,8 ponto percentual em relação a dezembro último (5,3%) e caiu 1,1 ponto em relação a janeiro de 2010 (7,2%). Apesar da alta, essa foi a menor taxa para os meses de janeiro, desde 2003. A população desocupada (1,423 milhão) cresceu 13,7% em relação a dezembro e caiu 15,6% em relação a janeiro do ano passado. A população ocupada (22,08 milhões) recuou 1,6% em relação a dezembro e cresceu 2,2% em relação a janeiro de 2010.

O número de trabalhadores com carteira de trabalho assinada (10,474 milhões) ficou estável no mês e cresceu 6,6% no ano. O rendimento médio real dos trabalhadores (R$ 1.538,30) subiu 0,5% no mês e 5,3% no ano.

A massa de rendimento médio real habitual (R$ 34,6 bilhões) caiu 0,8% no mês e subiu 8,4% no ano. A massa de rendimento médio real efetivo (estimada para dezembro de 2010 em R$ 42,9 bilhões) cresceu 18,3% no mês e 8,6% no ano.

Taxa de desocupação - dezembro de 2009 a janeiro de 2011

No gráfico abaixo, a taxa de desocupação nos meses de janeiro, de 2003 a 2011.

Na tabela abaixo, a taxa de desocupação nos meses de janeiro, nas regiões metropolitanas:

Abaixo, o rendimento da população ocupada nos meses de janeiro, de 2003 a 2011:

Na tabela abaixo, o rendimento segundo as categorias de ocupação:

Na tabela abaixo, o rendimento segundo os grupamentos de atividade:

Na tabela a seguir, o rendimento domiciliar per capita: