Educação a distância

IBGE oferece curso de estatística em plataforma digital de ensino da ONU

Editoria: IBGE | Umberlândia Cabral

08/06/2020 14h00 | Última Atualização: 09/07/2020 19h47

A Escola Nacional de Ciências Estatísticas (ENCE), vinculada ao IBGE, está oferecendo o curso Princípios Fundamentais das Estatísticas Oficiais na plataforma UN SDG: Learn, portal da Organização das Nações Unidas (ONU), que disponibiliza uma série de iniciativas de aprendizagem relacionadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O curso, que será o primeiro de educação a distância (EAD) disponibilizado pela ENCE na plataforma, está com as inscrições abertas a partir de hoje (8). O prazo de inscrição se encerra no dia 19 de junho.

O IBGE é o primeiro instituto nacional de estatística a oferecer cursos nessa plataforma. O curso será oferecido em português e terá 50 vagas. “O objetivo para os participantes é de que eles sejam capazes de conhecer os princípios fundamentais das estatísticas oficiais e refletir sobre a aplicação desses princípios no dia a dia do trabalho deles”, explica a coordenadora de Treinamento e Aperfeiçoamento do IBGE, Bianca Walsh.

Ela adiciona ainda que o conteúdo programático inclui, além do conhecimento dos princípios fundamentais das estatísticas oficiais, o código das boas práticas estatísticas e o código do servidor público do IBGE. “Isso porque alguns princípios fundamentais conversam com questões de ética, como por exemplo, a confidencialidade das informações. Então é um curso que, apesar de servir para propósitos de letramento estatístico de forma geral, tem uma atualização muito grande para a realidade do instituto de estatística, principalmente do IBGE”.

O curso não tem pré-requisito, tem carga horária de 17 horas e prazo máximo de conclusão de dois meses. Segundo Bianca, qualquer pessoa que tenha interesse pelo tema poderá fazer a inscrição, ressaltando que o público que geralmente procura os cursos da instituição, como o de SIDRA, é formado por pesquisadores, profissionais da mídia e tomadores de decisão.

#PraCegoVer Pessoa se costas com as mãos no teclado do Laptop que exibe o site do curso da ONU
IBGE é o primeiro instituto nacional de estatística a oferecer cursos nessa plataforma - Foto: Montagem sobre foto de Suksao/Freepik

Três cursos presenciais da ENCE já estão sendo oferecidos

A plataforma da ONU conta também com outros três cursos presenciais oferecidos pela ENCE. "Indicadores sociais para programas e políticas públicas" e "Avaliação de programas e políticas públicas" são voltados para análise e aplicação de informações na elaboração de políticas públicas e melhoria da ação governamental, enquanto o "Curso de Desenvolvimento de Habilidades de Pesquisa (CDHP)" trata da elaboração e execução de uma pesquisa de amostra domiciliar.

Para a coordenadora, a disponibilização do curso é relevante para o IBGE por refletir um dos três objetivos principais do mapa estratégico em vigor na instituição. “O terceiro desses objetivos é fortalecer a difusão de conhecimento. Divulgar a necessidade e a importância das estatísticas oficiais através dos princípios que as caracterizam e as diferenciam de outras produções estatísticas, que têm sua relevância, mas são de outra natureza, é uma das nossas missões como instituição que produz estatísticas oficiais”, comenta Bianca.

A iniciativa é resultado do trabalho do IBGE na Rede Global de Instituições de Treinamento Estatístico (GIST), em que se agrupa a outras instituições no desenvolvimento de capacitações voltadas à produção e ao uso de dados estatísticos de qualidade.

Para o professor colaborador da ENCE Pedro Nascimento, a formação profissional continuada nos temas ligados a produção e utilização de estatísticas oficiais é muito importante para todos os institutos de estatística, porque grande parte da mão de obra requerida por esses institutos não encontra formação específica nos cursos universitários que são oferecidos na maioria dos países.

“Além disso, mesmo quando as pessoas têm alguma formação específica em estatística ou outra profissão assemelhada, elas não têm toda a formação necessária para o trabalho nesse tipo de instituição e produção. Então é bastante relevante que estejam à disposição instrumentos de capacitação de desenvolvimento profissional que ajudem essas pessoas a desenvolver habilidades e adquirir os conhecimentos necessários para que elas possam bem desempenhar suas tarefas no âmbito da produção e do uso das estatísticas oficiais”, comenta o professor, que também representou o IBGE na GIST até 2019.

Fundada em 1953, a ENCE é uma instituição federal de ensino superior que faz parte do IBGE. A escola tem como atribuições as atividades de pesquisa, capacitação e treinamento dos servidores do IBGE, além de oferecer formação em três níveis de ensino.

“A ENCE tem um papel muito importante, porque ela capacita pessoas para a sociedade, para o país como um todo, mas também tem uma vertente que é de garantir ao IBGE a formação profissional continuada e o desenvolvimento dos seus profissionais para bem exercer as suas funções na instituição”, destaca Pedro.