Sinapi

Custo da construção civil sobe 0,25% em fevereiro

Editoria: Estatísticas Econômicas | Cristiane Crelier

11/03/2020 09h00 | Última Atualização: 11/03/2020 09h00

Custos da construção por metro quadrado chegaram a R$ 1.165,13 em fevereiro - Foto: Licia Rubinstein/Agência IBGE Notícias

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), divulgado hoje (11) pelo IBGE, subiu 0,25% em fevereiro, ficando abaixo da taxa dos 0,30% do mês anterior e acima de fevereiro de 2019 (0,21%). Em relação aos últimos 12 meses, a taxa ficou em 3,95%, resultado próximo dos 3,91% dos 12 meses imediatamente anteriores. No ano, o índice acumula 0,55%.

O gerente da pesquisa, Augusto Oliveira, ressalta que a variação nos últimos dois meses foi muito pouca, ficando perto da estabilidade. “Ainda não houve dissídios e as categorias profissionais não estão tendo ganhos, o custo da mão de obra não subiu e até apresentou leve queda. Então, o que mais influenciou na variação do índice foi a parcela dos materiais”, explica Oliveira.

O custo nacional da construção por metro quadrado passou de R$ 1.162,24 janeiro para R$ 1.165,13 em fevereiro, sendo R$ 612,61 relativos aos materiais e R$ 552,52 à mão de obra. A parcela dos materiais apresentou variação de 0,53%, uma alta menos intensa tanto em relação ao mês anterior (0,62%) quanto em relação a fevereiro de 2019 (0,55%).

Já o valor da mão de obra apresentou em fevereiro a mesma variação captada em janeiro, de -0,06%. Em relação a fevereiro de 2019, a queda foi menos expressiva, com taxa de -0,15%. Nos dois primeiros meses de 2020, os acumulados são 1,15% (materiais) e -0,12% (mão de obra), sendo que em 12 meses ficaram em 4,97% (materiais) e 2,80% (mão de obra).

O Nordeste teve a maior variação regional em fevereiro: 0,36%, com alta em todos os estados da região, sendo que a Bahia, com alta na parcela de materiais (0,57%), foi o estado que apresentou a maior variação mensal. As menores oscilações foram no Norte (0,03%) e no Sul (0,16%). O Sudeste registrou 0,25% e o Centro-Oeste, 0,23%.

Os custos regionais, por metro quadrado, foram de R$ 1.176,06 no Norte, R$ 1.076,40 no Nordeste, R$ 1.213,94 no Sudeste, R$ 1.225,25 no Sul e R$ 1.173,73 no Centro-Oeste.