08/01/2019 | Última Atualização: 08/01/2019 09:00:00

Indústria nacional

Produção aumenta 0,1% em novembro após quatro meses de quedas

A produção da indústria nacional cresceu 0,1% em novembro, na comparação com outubro, após quatro meses de taxas negativas, e acumulou alta de 1,5% em 2018. Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal, divulgada hoje pelo IBGE, que também trouxe a revisão do resultado de outubro, de 0,2% para -0,1%.

Apesar da variação positiva de novembro, o gerente da pesquisa, André Macedo, explica que o resultado foi insuficiente para recuperar a queda de 2,8% acumulada nos quatro meses anteriores. “O índice ficou próximo à estabilidade e, entre as atividades, houve mais taxas negativas que positivas”, pondera.

 

O setor de veículos automotores obteve o recuo de maior peso do mês, com taxa de -4,2% frente a outubro, porém alta de 2,3% na comparação com novembro de 2017. “Particularmente em novembro, a atividade foi prejudicada pela diminuição na produção de automóveis. No entanto, a atividade segue positiva no acumulado no ano, tendo, inclusive, registrado, nessa comparação, a maior influência positiva entre as atividades pesquisadas”, ressalta André.

Já o setor alimentício, com alta de 5,9% frente a outubro, foi o que mais influenciou positivamente o resultado do mês entre as atividades pesquisadas. Mesmo com esse crescimento, o acumulado no ano e a comparação com novembro de 2017 seguem negativos, com taxas de, respectivamente, -4,7% e -5%.

Entre as quatro grandes categorias econômicas, apenas Bens Intermediários cresceu em novembro frente a outubro, com alta de 0,7%, enquanto Bens de Consumo Duráveis (-3,4%) e de Bens de Capital (-2,7%) mostraram resultados negativos. Bens de Consumo Semi e Não Duráveis ficou estável (0%).


Repórter: João Neto
Imagem: Agência IBGE Notícias