10/04/2018 | Última Atualização: 10/04/2018 09:00:00

Preços das passagens aéreas contribuem para queda da inflação

Editoria: Estatísticas Econômicas | Subeditoria: IPCA

A inflação de março ficou em 0,09%, bem abaixo dos 0,32% de fevereiro, conforme divulgou hoje o IBGE. Segundo o gerente do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), Fernando Gonçalves, a desaceleração do índice de março se deve principalmente à redução dos preços das passagens aéreas, em média 15% mais baratas. “Se considerarmos janeiro e fevereiro como meses de férias, a tendência é de os preços caírem em março, com a volta às aulas”, explica. Com isto, o setor de Transportes registrou uma deflação de -0,25%.

Outro grupo que contribuiu para a queda da inflação foi o de Comunicação, com deflação de -0,33%, motivada pela redução nas tarifas das ligações locais e interurbanas, de fixo para móvel, desde 25 de fevereiro.

#praCegoVer Gráfico da variação mensal ano a ano, considerando o mês de março

As altas ficaram por conta de frutas (5,32%), que com a sazonalidade da oferta contribuiu para a alta no grupo de Alimentação e bebidas (0,07%). “Apesar disto, também por conta da oferta, os preços das carnes (-1,18%), do tomate (-5,31%) e do frango inteiro (-2,85%) caíram”, comenta Fernando Gonçalves. O aumento dos planos de saúde e o reajuste nas tarifas de energia elétrica do Rio de Janeiro também participaram significativamente na composição da inflação de março.

Os dados do índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgados hoje pelo IBGE, mostram que a inflação do mês (0,09%) e o acumulado no ano (0,70%) registraram o menor nível para um mês de março desde a implantação do Plano Real em 1994. Nos últimos doze meses, o índice acumulou 2,68%. Em março de 2017, a taxa atingiu 0,25%. Para cálculo do índice do mês foram comparados os preços coletados no período de 02 de março a 29 de março de 2018 (referência) com os preços vigentes no período de 30 de janeiro a 01 de março de 2018 (base).


Repórter: Marília Loschi
Imagem: Pxhere
Arte: Marcelo Barroso